foto: RTP

Chegar “às quatro da manhã” ao centro de saúde para ter consulta

Lusa | Jornal de Notícias

 

“O centro de saúde de Algueirão-Mem Martins continua a ser aquele no concelho de Sintra em que as pessoas se queixam de ter menos médicos de família”, afirmou à Lusa Paula Borges, da Comissão de Utentes da Saúde do Concelho de Sintra (CUSCS).
foto: RTP
foto: RTP

A vigília, que decorreu a partir das 07.30 horas, pretendeu denunciar o “agravamento continuado e deliberado das condições de acesso ao Serviço Nacional de Saúde”, com “cerca de 200 pessoas” à espera em duas filas para marcar consulta, salientou a porta-voz da comissão.

“Até abrirem as portas [às 08 horas], as pessoas estão debaixo das arcadas dos prédios ao frio e à chuva”, notou Paula Borges.

Segundo a representante, a unidade de saúde, que funciona num prédio de habitação, em Mem Martins, e dos 12 médicos atualmente ao serviço, quatro médicos não estão a dar consultas por estes dias.

“A somar aos 11 médicos que, pelas nossas contas estão em falta, percebe-se o número de utentes que ficam nesta freguesia sem acesso a cuidados de saúde primários”, apontou.

Ver original completo >>

 

-0

Deixe um comentário

− 3 = 5

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!