Foto:  EPA/Ian Langsdon

Como a Frente Nacional francesa quer desmantelar a Zona Euro

Rita Faria | Jornal de Negócios

 

Jean Messiah, responsável da Frente Nacional, revelou algumas das medidas que constam do programa que Le Pen vai apresentar no fim-de-semana. Mais do que tirar França da região da moeda única, o partido quer “desmantelar” a Zona Euro.
Foto: EPA/Ian Langsdon
Foto: EPA/Ian Langsdon

Marine Le Pen, líder do partido francês de extrema-direita, Frente Nacional, prepara-se para apresentar no próximo fim-de-semana, em Lyon, o seu programa eleitoral, que confirma a intenção da candidata de retirar o país da Zona Euro.

O “Frexit” está no centro do guião do partido, que conta ainda com medidas como intervenções no mercado cambial e a imposição de tarifas sobre as importações, segundo avançou um responsável da Frente Nacional à Reuters.

Um pilar central do programa eleitoral de Le Pen é acabar com a dependência de França do financiamento no mercado, passando o Estado a financiar-se junto do banco central do país.

O programa da Frente Nacional prevê explicitamente o restabelecimento da possibilidade de o Estado francês se refinanciar junto do Banco de França“, afirmou Jean Messiha, que coordena a elaboração da plataforma eleitoral da candidata francesa.

O partido considera que “ao quebrar o monopólio do mercado financeiro, isso automaticamente reduzirá” os custos de financiamento. “A única forma de a economia francesa se adaptar ao modo como a economia global está a evoluir é recuperando a sua soberania monetária e orçamental”, acrescentou o responsável.

Além de exigir uma extensa revisão das leis francesas, a implementação das medidas propostas exigiria não só que Le Pen vencesse as eleições presidenciais como também que a Frente Nacional ganhasse as legislativas de Junho.

Segundo esclareceu o alto responsável do partido à Reuters, mais do que retirar França da Zona Euro, a intenção da Frente Nacional passa por “desmantelar” a região da moeda única. “O nosso cenário preferido seria acordar, conjuntamente, o desmantelamento da Zona Euro”, referiu Messiha.

Se esse plano não vingar, um governo da Frente Nacional procuraria uma saída unilateral da região da moeda única, submetendo essa decisão ao povo francês num referendo, à semelhança do que foi feito em Junho do ano passado, no Reino Unido.

(…)

Ver original completo >>

-0

Deixe um comentário

7 + 2 =

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!