Foto: dpa / picture alliance / Bernd von Jutrczenka

Alemanha: Refugiados não agrediram sexualmente mulheres no ano novo. Foi invenção

Diário de Notícias | The Independent

 

Polícia investiga pessoas que inventaram que 50 homens árabes assaltaram e assediaram várias mulheres.

As autoridades alemãs estão a investigar duas pessoas que acusaram migrantes árabes de terem agredido sexualmente várias mulheres em Frankfurt na noite da passagem de ano. A história era falsa e “sem fundamento”, como afirmou a polícia alemã, mas ainda assim foi divulgada por vários jornais e meios de comunicação.

As duas pessoas investigadas contaram ao jornal alemão Bild que 50 homens árabes, que alegadamente viviam num abrigo para refugiados em Hesse, foram a um restaurante em Fressgass, Frankfurt, assaltaram e agrediram sexualmente várias mulheres, segundo o Independent.

Ver original completo >>

 Foto: dpa / picture alliance / Bernd von Jutrczenka
Foto: dpa / picture alliance / Bernd von Jutrczenka
-0

Deixe um comentário

12 + = 20

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!