poluicaotejo

Empresas apanhadas a poluir o Tejo

Carla Tomás | Expresso

 

Ministério levanta autos contra Centroliva e Câmara de Vila Velha de Ródão.

Imagens de espuma branca a cobrir o rio Tejo, na zona de Abrantes, tornaram-se virais a 8 de Fevereiro, voltando a colocar os holofotes sobre a poluição na principal bacia hidrográfica nacional. Um dia depois, técnicos e inspectores da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e da Inspecção-Geral do Ambiente avançaram para o terreno e recolheram amostras de água no rio e nos pontos de descarga de instalações industriais de Vi
la Velha de Ródão. Os vestí
gios de poluição já eram escassos e o resultado das análises só será conhecido no final do mês.

Os suspeitos do costume foram identificados e “a dois deles foram levantados autos de notícia que serão enviados para o Ministério Público”, informa o Ministério do Ambiente. As multas podem variar entre €14 mil e €5 milhões. A empresa Centroliva foi apanhada a “fazer descargas de água do processo industrial sem apresentar prova de deter licença” para tal; e a 13 e 14 de Fevereiro, encontraram a fossa séptica da zona industrial de Vila Velha de Ródão, gerida pela Câmara, a drenar uma espuma escura para a ribeira do Açafal, que desagua no Tejo.

Ver original completo >>

-0

Deixe um comentário

52 − = 49

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!