palacio_de_sao_bento_lissabon_2009

Parlamento: leis sobre offshores paradas há 8 meses

eco.pt

 

Os projetos de lei sobre evasão fiscal estão parados há oito meses no Parlamento. A revelação de que o fisco não vigiou 10 mil milhões que foram para offshores, partidos voltam à carga.

A investigação dos Panama Papers, feita pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação em abril do ano passado, tem servido para reforçar as regras fiscais em todo o mundo: no Equador, por exemplo, os gestores públicos estão proibidos de ter contas offshores e na União Europeia ainda esta terça-feira foram aprovadas novas regras. Contudo, em Portugal, desde junho que os projetos de lei sobre o tema estão paradas no Parlamento, avança o Público esta quarta-feira.

Estas propostas em stand by para combater a criminalidade económica financeira e fiscal visão, segundo o jornal, visam combater o uso indevido de offshores e aumentar os impostos pagos por esse tipo de transferências. Na sequência da notícia desta terça-feira que dava conta que o fisco português não vigiou 10 mil milhões de euros que foram parar a offshores, entre 2011 e 2015, o BE e o PCP querem ouvir os ex-responsáveis dos Assuntos Fiscais. A Inspeção Geral das Finanças está a investigar o assunto.

(…)

Ver original completo >>

 

-0

Deixe um comentário

+ 62 = 67

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!