Aurélio Ferreira, presidente da Câmara da Marinha Grande(Foto: Henriques da Cunha / Global Imagens)

Eleições autárquicas: independentes pedem alterações à lei

Paula Sofia Luz | Diário de Notícias

 

Em 2013 eram 85 os movimentos candidatos às eleições, agora estima-se que sejam mais de 100. Os independentes crescem e multiplicam-se, mas pedem alterações à lei.

Entrevista com Aurélio Ferreira, presidente da Câmara da Marinha Grande e presidente da Associação dos Movimentos Autárquicos Independentes (AMAI):

Apresentou há poucos dias a sua recandidatura à Câmara da Marinha Grande. Isso quer dizer que a experiência correu bem?

Vou-me recandidatar porque este é um projeto que começou em 2013 e que não está completo. Avançamos para a recandidatura a todos os órgãos autárquicos, exatamente com o mesmo nome – Movimento pela Marinha – e o mesmo grupo de trabalho, agora engrandecido.

Como chegou à presidência da Associação dos Movimentos Autárquicos Independentes?

A AMAI existe desde 2010. Fui eleito presidente em 2015.

Nesta altura contam com quantos associados?

A AMAI tem uma característica: os associados são os movimentos ou quem tem intenção de fundar movimentos independentes. Nos últimos tempos estamos a ser contactados diariamente por gente de todo o país que quer fundar movimentos para se candidatar às eleições autárquicas.

E que tipo de apoio procuram?

Sobretudo esclarecimentos na questão das assinaturas necessárias para concorrer.

Com o regresso da lei eleitoral ao Parlamento o processo pode ser simplificado…

A nossa ambição é precisamente essa e prende-se com a alteração da lei autárquica em vigor de 2001. Sobretudo porque cria descriminações entre as candidaturas independentes e as candidaturas partidárias. Queremos que nos deem as mesmas condições que os partidos têm.

Quais são as principais reivindicações?

Uma que nos parece fundamental é que possamos concorrer no boletim de voto com o nosso símbolo. Neste momento tudo depende da interpretação que cada juiz faz da lei. Outra alteração prende-se com o número de assinaturas.

(…)

Ver original completo >>

Aurélio Ferreira, presidente da Câmara da Marinha Grande(Foto: Henriques da Cunha / Global Imagens)
Aurélio Ferreira, presidente da Câmara da Marinha Grande
(Foto: Henriques da Cunha / Global Imagens)
-0

Deixe um comentário

− 3 = 1

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!