cartaz_museuescaroupim

Salvaterra de Magos: antiga escola primária torna-se museu de “afectos” e memórias do Tejo

LUSA | Público | RTP

 

A antiga escola primária do Escaroupim, aldeia piscatória do concelho de Salvaterra de Magos, foi transformada num museu, histórico e “de afectos”, de homenagem ao Tejo e às memórias de vidas ligadas ao rio. Escaroupim e o Rio é o nome do pequeno museu, inaugurado este sábado, 25 de Fevereiro, e que se vai juntar a outros equipamentos que preservam “muito do património cultural, etnográfico, dos usos e costumes de gente cujas raízes se mantêm na aldeia”, disse à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio.

A aldeia avieira é uma das várias que, nas primeiras décadas do século XX, surgiram nas margens do Tejo à medida que se foram fixando os migrantes da zona de Vieira de Leiria, procurando a pesca no rio quando não era possível ir ao mar. Situa-se “numa das zonas mais bonitas do Tejo”, junto aos mouchões (pequenas ilhas), salientou o autarca.

“O museu procura registar, num espaço abandonado que era uma antiga escola primária requalificada e ampliada, num investimento de cerca de 200.000 euros, toda a ocupação humana ribeirinha” desde a pré-história à instalação dos avieiros, disse o autarca.

(…)

Ver original completo >>

-0

Deixe um comentário

+ 62 = 71

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!