vieiracosta

Proposta do Governo
Quem começou a trabalhar (e a descontar) aos 12 anos pode reformar-se aos 60 sem penalização

Lusa | noticiasaominuto.com

 

O Governo propôs aos parceiros sociais que os trabalhadores com pelo menos 48 anos de descontos para a Segurança Social e 60 anos de idade se possam reformar antecipadamente sem qualquer penalização.

O novo regime, para entrar em vigor no próximo ano, foi apresentado às confederações patronais e sindicais pelo ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

O Governo propôs ainda que os trabalhadores com pelo menos 48 anos de carreira contributiva possam reformar-se antecipadamente sem dupla penalização. Ou seja, quem se reformar antes da idade legal (que atualmente é de 66 anos e três meses) deixa de ter a penalização relativa ao fator de sustentabilidade, ficando só com a que corresponde ao número de anos de antecipação da reforma.

De acordo com o documento orientador apresentado por Vieira da Silva, os trabalhadores com carreira contributivos de 41 ou mais anos passam a ter uma idade de reforma própria, calculada com base na sua carreira contributiva.

Aos trabalhadores que começaram a trabalhar antes dos 16 anos e que tenham mais de 45 anos de descontos para a Segurança Social, será aplicado “um menor fator de penalização mensal por antecipação”.

No final da reunião de concertação social, o ministro do Trabalho disse aos jornalistas que “este novo modelo é mais simples” , garante a sustentabilidade da Segurança Social e protege as carreira contributivas mais longas.

(…)

Ver original completo >>

 

-0

Deixe um comentário

77 − 71 =

Facebook
Twitter
Google+
Linked In
RSS
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!